Notícias

Produtores têm até 31 de maio para vacinar o rebanho contra aftosa

03/05/18

A propriedade de Selito Carboni, em Barra do Ribeiro, foi escolhida para a abertura oficial da primeira etapa da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa na manhã desta quarta-feira (2). Até o dia 31 de maio, 13,8 milhões de bovinos e búfalos deverão ser vacinados em todo o Rio Grande do Sul. O secretário da Agricultura, Odacir Klein, realizou a aplicação simbólica da dose e afirmou que o objetivo é estimular a vacinação neste período em todas as mais de 311 mil propriedades rurais no estado. "O interesse é comum. Para que nós tenhamos uma situação sanitária boa é necessário o empenho e o envolvimento de toda a cadeia produtiva", pontuou.

O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, também destaca a importância da responsabilidade compartilhada. “Enquanto houver a obrigatoriedade da vacina, é dever de todo o setor de produção fazer a sua aplicação da melhor maneira possível. Isso resultará na maior cobertura vacinal e evitará qualquer inconsistência que coloque em risco a produção de carne do estado e do país”.

As doses de vacina devem ser adquiridas em casas agropecuárias credenciadas. A lista das lojas que passam pela fiscalização da Secretaria da Agricultura pode ser conferida no site www.agricultura.rs.gov.br/aftosa. O produto deve ser mantido refrigerado entre 2° e 8° Celsius até o momento da aplicação, não devendo nunca ser congelado. Após a aplicação da vacina, os produtores precisam informar a atividade na Inspetoria de Defesa Agropecuária da sua região. O prazo para a comunicação da vacinação é de cinco dias úteis após o término da etapa.


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Sicadergs
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs
    • Sindicarnes